Crônicas

lembranças

Caminham incessantes as duas crianças pelos pastos verdejantes.De pura essência nos mostram o caminho mais simples, porém esse nunca conseguimos observar…preferimos continuar olhando para a fada que nos engana colocando o majestoso e multicolorido pó na mente.Carregada de vis sentimentos, já nem grandes unguentos são a salvação!

Pena a fada encantada ter roubado a inocência de seres felizes na sua simplicidade e ignorância…

o sol raiou,a noite findou com suas belas estrelascomo damas de companhia.Os girassóis começam a desabrochar e os petizes fazem a sua última visita ás catacumbas da imaginação…

Inocência levada para o campo da solidão, beleza de lembranças caminham em vão para os matagais da perdição.

O frio da manhã enevoada desaparece quando os gnomos decidem contemplar os matagais e outros que tais. Rios de perdição, jamais serão apenas uma tentação.Para aqueles pequenos seres de imensos prazeres, serão sempre um refúgio para as lembranças de crianças…

                                      Psy Princesa do Nilo  

Anúncios

Um comentário em “lembranças

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s