Citações

Como ser mais criativo em 3 passos

Este é um email que recebi do Eme Viegas do Hypeness que gostaria de compartilhar com vocês.

A criatividade é o que move as pessoas e a sociedade para um lugar melhor – através de questionamentos, pensamentos, reflexões e evolução. Se não fosse ela, nós ainda estaríamos morando em cavernas.

Criatividade não é um botãozinho no cérebro que basta apertar o play para que ele funcione. Muito menos é um dom, como se fosse uma escolha divina. Para sermos habilidosos em qualquer área, precisamos de treinamento e muita observação. É como jogar futebol, ninguém começa fazendo gol de trivela. Tem que tomar muita pancada na canela, jogar todo o dia embaixo de chuva ou sol, levar muitos dribles entre as pernas e chutar várias bolas para fora, para só então conseguir ser habilidoso como desejávamos no começo.

E não basta apenas ser criativo. Também é importante conseguir aplicar sua criatividade, pois o criativo que não tira suas ideias do papel está fadado ao fracasso e a frustração. Por isso é tão comum ouvirmos dessas pessoas a frase: “Eu já pensei nisso antes”.

Deixo com vocês algumas algumas dicas importantes que eu uso no meu dia-a-dia para me manter criativo e que podem te ajudar também:

1) Trabalhe em ambientes diferentes

A rotina é uma das maiores inimigas da criatividade. Acordar, seguir o mesmo roteiro todos os dias e trabalhar sempre no mesmo local, acaba te deixando com menos referências e consequentemente menos criativo. Se você tem a possibilidade de fazer home office, escolha ambientes mais inspiradores para trabalhar: pode ser num café, numa praça, na praia ou mesmo num outro cômodo da casa. Se você não pode, tente pelo menos fazer alguns breaks durante o dia para quebrar o padrão da monotonia e se inspirar.

2) Tenha sempre um caderno de anotações a mão

Ter um Moleskine sempre no seu bolso ou fazer anotações em um smartphone pode te ajudar a não desperdiçar ideias. Sempre que você tiver momentos livres (mesmo que sejam alguns minutos, enquanto espera o café), treine ficar anotando suas ideias, reflexões e pensamentos. Ideias muito bacanas surgem do ócio.

3) Faça a brincadeira dos círculos

Esse é um ótimo exercício de criatividade, criado pelo pesquisador Bob Mckim, e compartilhado por Tim Brown em sua palestra em um TED.

Pegue um pedaço de papel e desenhe 30 círculos nele. Agora, em um minuto, transforme os círculos em quantos objetos conseguir (ex: um pode virar um sol, o outro uma bola de cristal, etc). Quantos você consegue adaptar em um minuto? O resultado: muitas pessoas têm dificuldade em chegar em 30 adaptações. Isso acontece muitas vezes porque quando viramos adultos, acabamos limitando nossas possibilidades sendo muito críticos com nós mesmos. Controlar o autojulgamento pode te ajudar a melhorar nesse aspecto.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s